Smule

/
Lyrics

Seu corpo é fruto proibido.
É a chave de todo pecado,
e da libido, e pra um garoto introvertido
como eu, é a pura perdição.
É um lago negro, o seu olhar.
É água turva de beber, se envenenar.

Nas suas curvas derrapar, sair da estrada e morrer no mar.
No mar.

É perigoso o seu sorriso,
é um sorriso assim jocoso, impreciso,
diria misterioso, indecifrável, riso de mulher.
Não sei se é caça ou caçadora,
se é Diana ou Afrodite, ou se é Brigite,

Stephanie de Mônaco, aqui estou inteiro ao seu dispor,
princesa.

Pobre de mim, que invento rimas assim.
Pra você, e um outro vem em cima
e você nem pra me escutar.

Pois acabou, não vou rimar coisa nenhuma agora vai como sair.
Eu já não quero nem saber
se vai caber ou vão me censurar.
Será.
E pra você eu deixo apenas meu olhar quarenta e três.
Aquele assim meio de lado.
Já saindo.
Indo embora, louco por você.
Que pena.

Que desperdicio!
Tesão.

Recordings
There are no recordings yet.

Enter your email address

Cancel

One last step...

Facebook login requires your email address. This will be associated with your Smule account.

New Password

Please choose a new password

Your password has been successfully updated.

Your account has been verified. You are now logged in. Thank you.

You still have one more step. You must verify your email account before you can continue.

Send Verification Email

Please check your email. Instructions to verify your account have been sent

One more step!

Please check your email. Instructions to verify your updated email address have been sent

Thank you!

Redirecting you to Account Kit phone number login. A new window will pop up.

Don't see anything? .